Ter, 02 de julho de 2013, 08:15

BUSÃO DA CIÊNCIA DESTAQUE NA PÁGINA DA FAPITEC
BUSÃO DA CIÊNCIA DESTAQUE NA PÁGINA DA FAPITEC
A Fapitec (Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe) publicou um texto sobre a visita do Busão da Ciência ao município de Frei Paulo, confira:
O Busão da Ciência atrai população em Frei Paulo
O município de Frei Paulo ficou agitado com a chegada do projeto Museu Itinerante “Ciências Sobre Rodas: Busão daCiência do Agreste ao Sertão”, na última quinta-feira, 27, na Praça Capitão João Tavares. Professores e estudantes da Universidade Federal de Sergipe (UFS), do Campus Professor Alberto Carvalho, em Itabaiana, desenvolveram atividades nas áreas de Física, Geografia, Química, Matemática e Biociências. O Busão da Ciência tem como objetivo realizar a divulgação e popularização da ciência, explorando outros espaços de aprendizagem além da sala de aula.
O projeto, que teve início em dezembro de 2012 em Itabaiana, fez sua primeira viagem para outro município. O professor Edson Wartha um dos coordenadores do projeto, destacou as novidades dessa edição. “Estamos trazendo para essa edição o Teatro de Mamulengo, que faz parte do Show da Química, relacionando o cangaço e a conservação de alimentos e outros experimentos químicos. Além de vários alunos que estão participando pela primeira vez do projeto”, disse o professor. A Geografia também buscou na arte uma aliada para a divulgação do conhecimento científico. Foi o que explicou a professora Ana Rocha, que coordena o grupo 'Leromundo', que desde 2010 adapta obras literárias. “Hoje fizemos uma leitura da geografia por meio da obra de Monteiro Lobato, discutindo a questão ambiental e também sobre o racismo. Com o teatro, conseguimos interagir temas questionadores com crianças e adolescentes”, afirmou Ana Rocha.
O Busão da Ciência atraiu dezenas de estudantes locais. Para muitos, era uma oportunidade de aprender na prática o que só é visto na teoria. A professora Isabelita de Oliveira, da Escola Municipal Alice Oliveira, levou seus alunos e se mostrou empolgada com o projeto. “Nós não temos laboratórios de química ou física. E aqui eles estão exercitando tudo que vimos em sala de aula. Esse incentivo é muito importante, pois traz para eles um maior conhecimento sobre os assuntos abordados”. Uma das alunas do Ensino Fundamental, Alana Silva Santos, ficou feliz com a possibilidade de ampliar seus conhecimentos. “Gostamos muito de tudo o que aprendemos hoje. As pessoas que organizam o projeto estão de parabéns, pois não é todo dia que temos uma oportunidade como essa”, afirmou Alana. Os alunos da UFS também se animaram ao passar seus conhecimentos para a população. “Estou achando sensacional essa experiência. É muito legal perceber o interesse das pessoas, pois muitos não têm afinidade com a ciência, acham difícil. Mas, com a prática, começam a perceber que não é algo distante da realidade deles. É muito satisfatório”, afirmou o estudante do 4º período de Química da UFS, Leonardo da Cunha.
O Museu Itinerante, também chamado de “Busão da Ciência”, é um projeto da Universidade Federal de Sergipe (UFS), do Campus Prof. Alberto Carvalho, em Itabaiana, vencedor do Edital do Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (CNPq), em parceria com a Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec), vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia (Sedetec).


Atualizado em: Ter, 02 de julho de 2013, 08:19